TIMC | Edgar Martins apresenta imagens premiadas

O fotógrafo português Edgar Martins, com raízes em Macau, é o nome que fecha o cartaz deste ano do festival This is My City (TIMC). As cinco imagens premiadas do projecto “Silóquios e Solilóquios sobre a Morte, a Vida e outros Interlúdios”, que venceram o primeiro prémio na categoria Natureza Morta dos prémios Sony World Photography deste ano estarão expostas nas Oficinas Navais 2 entre os dias 22 e 25 de Novembro.

As imagens partem de um projecto desenvolvido em parceria com o Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses em Portugal. Durante três anos, Edgar Martins teve acesso a uma grande variedade de provas forenses, incluindo cartas escritas por pessoas que cometeram suicídio. “A carta que mais me comoveu estava escrita num Post- it. Fiquei impressionado com a finalidade da mensagem e a transitoriedade do meio”, explica Edgar Martins, citado num comunicado do TIMC.

Nascido em Évora, Portugal, Edgar Martins cresceu em Macau, mas reside no Reino Unido desde 1996, onde concluiu uma licenciatura em Fotografia e Ciências Sociais na University of Arts e um mestrado em Fotografia e Belas Artes no Royal College of Art (Londres).

O seu trabalho está representado internacionalmente em colecções de diferentes museus, entre os quais se incluem o V&A (Londres), o National Media Museum (Bradford, RU), o RIBA (Londres), o Dallas Museum of Art (EUA), a Fundação Calouste Gulbenkian/Centro de Arte Moderna (Lisboa), a Fundação EDP (Lisboa), a Fondation Carmignac (Paris) e o MAST (Itália).

Edgar Martins já recebeu vários prémios, incluindo o inaugural New York Photography Award (categoria Belas Artes, Maio 2008) e o BES Photo Prize (Portugal, 2009), entre outros.

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários