PARTILHAR

Na sequência do incêndio ocorrido no passado domingo no Edifício Tak Fok Hoi Keng Fa Un Kam Keng Kok, atrás do Hotel Altira, um morador com cerca de 40 anos entregou-se à polícia. O homem confessou às autoridades ter deixado um cigarro mal apagado no sítio onde deflagrou o incêndio.

Por essa razão, o caso foi encaminhado para o Ministério Público e o indivíduo é suspeito de ter cometido o crime de fogo posto que, caso seja causado por negligência, é punido com uma pena de prisão que pode chegar aos cinco anos.

Também de acordo com o canal chinês da Rádio Macau, a PJ recorreu à videovigilância para identificou o morador. O incêndio começou num caixote de lixo no sexto andar do edifício. Segundo o conselho de administração do edifício, o fogo causou um prejuízo de sete mil patacas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here