PARTILHAR
Bernardo Tavares diz que o encontro com os Serviços de Alfândega vai ser muito importante porque permite à equipa treinar em condições de jogo, em vésperas da Taça AFC

 

O Benfica de Macau e a formação dos Serviços de Alfândega entram em acção esta noite, às 21h, no Estádio de Macau. A partida que coloca frente-a-frente o líder e a formação que ocupa a 9.ª posição da Liga de Elite, dá início à sexta jornada do campeonato.

Em declarações ao HM, Bernardo Tavares, treinador das águias anteviu um encontro em que a formação vai ter muito espaço para jogar, com o adversário mais focado em defender.

“Estou à espera que assumam uma postura defensiva, que nos vai criar muito espaço, mesmo no meio-campo ofensivo. Vão fechar-se mais à defesa”, afirmou o técnico. “Estou à espera que joguem em 5-4-1 ou 4-5-1, como fizeram frente ao C.P.K.”, acrescentou.

Bernardo Tavares apontou que como a diferença entre as duas equipas é demasiado grande, os Serviços de Alfândega não se podem dar ao luxo de ter uma estratégia mais ambiciosa.

“As equipas têm de se adaptar às armas que têm e é o que eles fazem. Acho que devemos enaltecer os esforços que têm feito e o rendimento que colocam em campo”, apontou.

No entanto, o técnico sublinhou que é importante que os seus jogadores abordem a partida de forma responsável: “É fundamental que estejam muito focamos. É quando se tem uma postura displicente que se complicam os jogos e se permite que as coisas corram mal”, apontou.

 

Oportunidade de treino

Por outro lado, o treinador do Benfica de Macau considerou que o jogo com os Serviços de Alfândega são uma boa oportunidade para a equipa realizar um treino. Isto porque, à excepção dos encontros para a Liga de Elite, os encarnados não tem tempo de treino em campos relvados com as dimensões oficiais.

“Mais importante do que andarmos a questionar por quanto é que vamos ganhar é pensarmos em aproveitar o jogo de forma séria e ter uma boa oportunidade para treinar”, defendeu. “Mas não podemos facilitar e temos de ganhar porque no final de contas, se jogarmos bem e não ganharmos, as pessoas só se vão lembrar da derrota. Também se jogarmos mal e ganharmos, as pessoas só se vão recordar do resultado”, considerou.

A partida pode igualmente marcar o regresso de Carlos Lionel à titularidade. O avançado está a regressar de uma lesão e no último do jogo actuou 20 minutos, depois de começar o jogo no banco de suplentes. Porém neste encontro pode mesmo fazer parte do onze inicial, dependendo da sua evolução física.
Em relação às restantes partidas da jornada, no Sábado, pelas 18h30, defrontam-se C.P.K. e Monte Carlo. Depois, às 20h30, é a vez e Hang Sai e Ching Fung jogarem. No Domingo, às 18h30, defrontam-se Lai Chi e Polícia e, às 20h30, Ka I e Sporting.

 

 

Taça AFC em causa

Ao HM, Bernardo Tavares admitiu estar preocupado com a participação da equipa na Taça AFC. Em causa está o facto dos atletas do clube ainda não terem recebido as cartas do governo, que os autoriza a serem dispensados do trabalho, para participarem na competição. Segundo o técnico, quando a selecção de Macau joga, as cartas são entregues com quase um mês de antecedência. No entanto, quando falta cerca de uma semana para o Benfica de Macau enfrentar o Hang Yuen, as cartas não foram entregues. O treinador das águias diz que a participação na competição pode ficar mesmo em causa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here