Cabo Verde | VII Encontro de Escritores de Língua Portuguesa

Começa amanhã o sétimo Encontro de Escritores de Língua Portuguesa na capital cabo-verdiana da Praia. No evento, que decorrerá até domingo, participa o autor de Macau Carlos Morais José, entre um elenco com quase três dezenas de convidados ligados às letras e comunicação

Arranca amanhã mais uma edição do Encontro de Escritores de Língua Portuguesa na cidade da Praia. Este ano, a capital de Cabo Verde recebe 26 participantes de várias áreas das letras e da comunicação, com painéis onde participam personalidades ligadas à literatura, cinema, televisão, rádio e internet.   

O encontro é organizado pela União das Cidades Capitais de Língua Portugal (UCCLA) em parceria com a vereação da cultura da Câmara Municipal da Praia.

O evento procura estabelecer pontes entre as diversas disciplinas abordadas e tem como objectivo contribuir para o diálogo e enriquecimento recíproco entre autores dos vários cantos do mundo onde se fala português.

Entre os portugueses contam-se nomes como Carlos Morais José, Diana Andringa, António-Pedro Vasconcelos, José Carlos Vasconcelos, Rui Simões, Nuno Rebocho. A participação cabo-verdiana estará a cargo de Vera Duarte, Fátima Bettencourt, Daniel Medina, Rony Moreira, César Schofield Cardoso e Carlos Santos. Do Brasil chegam Thiago Braga e António Carlos Secchin.

A representar Moçambique estará Ana Mafalda Leite, Olinda Beja representa São Tomé e Príncipe, Zezé Gamboa vem de Angola e Emílio Tavares Lima da Guiné-Bissau.

Antes do Festival

Em declarações à Lusa, o vereador da cultura da cidade da Praia, António Lopes da Silva referiu que os participantes do encontro vão discutir as diversas formas como a literatura penetra interdisciplinarmente no quotidiano mediático, seja na cinema, na rádio, televisão ou online.

“Não vamos falar só de literatura, mas também de tudo o que está à sua volta”, salientou o autarca, referindo que o objectivo é entrar noutros campos que dominam a comunicação.

António Lopes da Silva acrescentou à Lusa que “é interessante ver como nos tempos modernos a literatura também se adapta a novas formas de apresentar e discutir ideias”.

O evento que reúne autores lusófonos é o aperitivo servido antes da estreia do Morabeza – Festa do Livro, organizado pelo Ministério da Cultura de Cabo Verde. O festival, também na cidade da Praia, reúne cerca de quatro dezenas de autores entre 30 de Outubro e 5 de Novembro.

Os dois acontecimentos fazem parte do esforço do município da Praia para colocar a cidade na rota dos eventos culturais de relevo dentro do universo lusófono.

Este é o segundo ano consecutivo em que o encontro se realiza na Praia depois das quatro primeiras edições terem sido em Natal, no Brasil, e da quinta edição em Luanda.

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários