Aviação | Voo Capital Airlines em Macau para ligação Pequim-Lisboa

O voo inaugural entre Pequim e Macau da Capital Airlines, para coincidir com a nova ligação da transportadora chinesa a Lisboa, aterrou ontem no aeroporto internacional do território.

A nova rota da transportadora Beijing Capital Airlines vai ser assegurada por quatro voos semanais entre a Macau e a capital chinesa, para coincidir com a ligação a Lisboa e servir também os cerca de 15 mil portugueses que vivem no território, de acordo com um comunicado da Companhia do Aeroporto de Macau (CAM).

Os voos entre Macau e Pequim vão efectuar-se à segunda, terça, quinta-feira e sábado. Ao todo e desde ontem, 25 voos semanais vão ligar a RAEM a Pequim, acrescentou o comunicado.

A nova ligação directa entre Pequim e Lisboa, também da Capital Airlines, terá três frequências por semana – quarta-feira, sexta-feira e domingo – entre a cidade de Hangzhou, na costa leste da China, e Lisboa, com paragem em Pequim. O voo arranca hoje.

A ligação entre Pequim e Lisboa demorará cerca de 13 horas e, no sentido inverso, demorará 12 horas. A actual ligação mais rápida entre a capital dos dois países demora 14 horas, com escala em Frankfurt, na Alemanha.

Nos últimos três anos, o número de turistas chineses que visitaram Portugal triplicou, para 183 mil, e deverá aumentar “exponencialmente” com a abertura da ligação directa, afirmou, em Abril passado, a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho.

A China é já o maior emissor mundial de turistas e, segundo estatísticas oficiais, 135,1 milhões de chineses viajaram para fora da China Continental, em 2016, num aumento de 12,5 por cento em relação ao ano anterior.

A Capital Airlines é uma das subsidiárias do grupo chinês HNA, accionista da TAP, através do consórcio Atlantic Gateway e da companhia brasileira Azul.

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários