PARTILHAR

O novo regulamento da classe “AAMC Challenge” (1,600cc Turbo) do Campeonato de Carros de Turismo de Macau (ou MTCS na sua sigla inglesa) fez a sua primeira vítima. Álvaro Mourato, um dos históricos das corridas de carros de turismo do território, não irá participar no campeonato organizado pela Associação Geral Automóvel de Macau-China (AAMC) esta temporada.

“Este ano não vou competir nas corridas organizadas pelo AAMC”, disse Mourato ao HM, que tem já outros planos. “Em Junho, vou fazer a corrida de resistência de seis horas no circuito citadino de Bangsaen, na Tailândia”, remata.

Os elevados custos que obrigariam a adaptação do seu carro para uma participação condigna no MTCS dissuadiram Mourato de repetir a experiência, optando o piloto da RAEM, que no passado recente foi presença assídua no Campeonato da Malásia de Carros de Turismo com a equipa semi-oficial do construtor automóvel malaio Proton, por alinhar em corridas noutras paragens do Sudeste Asiático.

“Este novo regulamento fez-me optar por não correr no MTCS. Com este novo regulamento, com os patrocínios que tenho, não dá para fazer muito. Como este ano não recebo o subsidio, então decidi participar noutras corridas, mais baratas e com melhor qualidade”, explicou o vencedor da Corrida Troféu Hotel Fortuna/Interport Hong Kong-Macau do 57º Grande Prémio de Macau.

Outras participações

Além da prova rainha do Troféu Toyota Vios, onde poderá vir a fazer equipa com mais dois conhecidos pilotos do território, Mourato deverá tomar parte de outros eventos do troféu monomarca tailandês durante o ano, “porque o mais importante é participar em corridas com qualidade, mais justas, que tenham televisão em directo e muito público no circuito. Infelizmente, no MTCS não temos transmissão televisiva das corridas, nem há público a assistir às nossas corridas”.

Mourato também não tem por agora planos para participar no Grande Prémio de Macau no mês de Novembro. “Eu corro por gosto. Não gosto de correr pelo subsídio”, afirma categoricamente. “Já venci corridas no Grande Prémio de Macau e no MTCS. Já não é nada mau para a minha carreira enquanto piloto, há quem nem sequer consiga andar nos lugares da frente uma vida inteira”.

Quanto ao Peugeot RCZ que Mourato conduziu nas últimas temporadas, este continuará na posse do piloto por enquanto, pois vender uma viatura com estas características técnicas não é algo fácil, “pois no mundo inteiro só existem 40 ou 50 maluquinhos que estão dispostos a participar num campeonato com este regulamento”.

Entretanto, o primeiro Festival de Corridas de Macau está marcado para o fim-de-semana de 26 a 28 de Maio, enquanto o segundo encontro acontecerá de 23 a 25 de Junho. Ambos os eventos serão realizados no Circuito Internacional de Zhuhai e as inscrições encerram esta sexta-feira, dia 21 de Abril.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here