PARTILHAR

O reitor do Instituto Politécnico de Macau (IPM), Lei Heong Iok, frisou que a orientação da instituição é “que, entre os estudantes, a maioria seja local”. Segundo o Jornal do Cidadão, o reitor foi questionado no Dia Aberto do IPM, no sábado passado, face à ideia do Secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, Alexis Tam, em aumentar a admissão de estudantes do interior da China. Lei Heong Iok referiu que o IPM todos os anos recebe 700 estudantes locais, mas admitiu que, com a diminuição futura do número de alunos que vai sair das escolas secundárias, vai ser um grande desafio para as instituições de ensino superior manter os números. Contudo, o responsável diz que, ainda assim, vai ser garantida a política inicial do IPM: “servir pessoas de Macau” e, portanto, ter os estudantes locais como uma maioria. “Actualmente os estudantes locais ocupam 85%, os restantes 15% são estrangeiros. O IPM vai manter esta orientação”, afirmou. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here