PARTILHAR

Num sentido geral, os salários médios de várias indústrias locais aumentaram entre 4% e 8% este ano comparando com os dados de 2014. Segundo um relatório dos Serviços de Estatística e Censos (DSEC), o número de vagas da indústrias hoteleira e de restauração diminuiu bastante, ao contrário daquelas existentes no mercado das indústrias transformadoras e de distribuição e produção de electricidade. Em final de Setembro deste ano, trabalhavam no sector dos hotéis 50,1 mil pessoas e outras 27,7 mil em restaurantes e similares. Este foi um dos sectores que mais pessoal empregou no terceiro trimestre de 2015, registando-se um acréscimo de 16,8%. O salário médio destas funções ficou-se entre as 9200 e as 16,4 mil patacas, números que mostram um crescimento de 3,8% e 4,5% respectivamente.
Nas indústrias transformadoras e distribuição de electricidade trabalhavam 9300 pessoas a tempo inteiro, mas também estes profissionais viram os seus salários aumentados em 1,3% e 4,4%, recebendo agora 9700 e 29 mil patacas. O sector dos seguros tinha em funções meio milhar de profissionais, cuja remuneração alcançou 24,4 mil patacas. O sector dos cuidados em creches e idosos contratou mais 23% de pessoas nestes últimos três meses comparando com o período homólogo do ano anterior.
De acordo com a DSEC, também os cursos de formação profissional aumentaram substancialmente devido à inauguração de uma série de hotéis e casinos. As próprias empresas têm criado uma série de cursos de formação para os seus funcionários, tendo nestes três meses participado mais de 95,7 mil pessoas nestas iniciativas. Tal registou uma subida significativa de 330% comparando com 2014.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here