Maratona de Macau vai passar por A-Má

Hoje Macau -
27
0
PARTILHAR

A maratona de Macau apresenta este ano um novo percurso, que passa pelo Templo de A-Má, para assinalar o 10.º aniversário da classificação do património pela UNESCO, e mais 2.000 vagas, revelou ontem o Instituto do Desporto (ID). As inscrições para a 34.ª edição, que se disputa no dia 6 de Dezembro, abrem no sábado e acomodam agora 8.000 atletas, mais 30% que os 6.000 de 2014, em três provas: maratona (42 km), meia-maratona (21 km) mini-maratona (4,2 km).
José Tavares, presidente do ID, apontou que as principais alterações ao percurso implicam uma “extensão para o Templo A-Má, para celebrar os dez anos da nossa conquista pelo reconhecimento pela UNESCO”, já que em 2015 se assinala uma década de inscrição do centro histórico como património mundial, e uma “nova travessia para a universidade de Macau”.
A passagem pelo novo campus da universidade, na Ilha da Montanha, um território adjacente a Macau, “é preferível do que passar duas vezes na ponte [como acontecia em edições anteriores], porque na ponte pode-se apanhar muito vento forte e poderá perturbar um pouco tempo em si, os resultados”, explica.
As vagas (1.200 para a maratona, 2.600 para a meia e 4.200 para a mini) aumentaram como forma de dar resposta “às necessidades que têm vindo a ser notadas nos últimos anos”, já que habitualmente as vagas esgotam pouco tempo depois de as inscrições abrirem. A organização da maratona está a convidar os atletas que fizeram os melhores tempos no ano passado e também outros que apresentam bons resultados no estrangeiro, mas não quis revelar ainda nomes.
Em particular em relação aos atletas dos países lusófonos, José Tavares lembra que foi a Associação dos Comités Olímpicos de Língua Oficial Portuguesa (ACOLOP) que endereçou os convites, mas até agora não recebeu quaisquer respostas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here