Médico detido por fraude sexual

O médico de medicina tradicional chinesa suspeito de abuso sexual de uma doente, foi detido pela Polícia de Segurança Pública (PSP) na passada segunda-feira no seu apartamento e levado ao Ministério Público (MP) pelo crime de fraude sexual.

De acordo com o Jornal Exmoo News, uma mulher pediu ajuda às autoridades por suspeitar que o médico que a consultou a tinha assediado sexualmente durante um tratamento.

Segundo a imprensa chinesa, até à data, a PSP recebeu apenas um pedido de ajuda neste sentido e a Polícia Judiciária não recebeu nenhuma denúncia. O suspeito recusou-se a responder a questões, afirma a mesma fonte.

28 Nov 2018