Hong Kong | Fim da quarentena no cruzeiro World Dream

Os cerca de 3.600 passageiros e tripulação a bordo do navio cruzeiro, atracado em Hong Kong desde o passado dia 5 de Fevereiro, podem finalmente respirar de alívio e regressar a casa

 

As autoridades de Hong Kong levantaram ontem a quarentena pelo novo coronavírus no navio cruzeiro World Dream, após os testes realizados aos passageiros terem dado negativo.

O navio foi colocado em quarentena quando atracou na quarta-feira no porto de Hong Kong depois de oito passageiros chineses terem sido diagnosticados com o novo vírus.

O oficial do porto Leung Yiu-hon afirmou ontem que os testes realizados aos mais de 1.800 passageiros foram concluídos antes do previsto e deram todos negativo.

A quarentena do navio, que tem mais de 1.800 passageiros, a maioria de Hong Kong, terminará e todos os que estão a bordo poderão partir, anunciou o oficial citado pela agência AP.

Alguns passageiros que apresentavam sintomas deram negativo, disse Leung Yiu-hon, explicando que não havia necessidade de testar todos os passageiros porque não tinham tido contacto com os oito que estavam infectados.

A bordo deste navio estavam sete pessoas com passaporte português, segundo o cônsul geral de Portugal em Macau e Hong Kong,

Na passada quarta-feira, uma equipa das autoridades de saúde de Hong Kong embarcou no World Dream para realizar inspecções médicas a 1.800 passageiros e 1.800 tripulantes após o navio atracar no terminal Kai Tak, em Kowloon, ao qual chegou depois de ter sido recusado pelas autoridades de Taiwan.

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários