Art Basel Hong Kong | “Wave”, de Ai Weiwei, presente no evento deste ano

A edição deste ano da feira Art Basel, que acontece em Hong Kong entre os dias 29 e 31 de Março, vai contar com a presença da galeria londrina Lisson Gallery, que representa o artista chinês e dissidente político Ai Weiwei. Graças a esta parceria, o público poderá ver de perto o trabalho “Wave”, de 2015

 

Há cerca de um ano, Ai Weiwei, artista que também é dissidente do regime comunista chinês, mostrava uma nova instalação em Hong Kong, intitulada “Refutation”, um retrato artístico do drama dos inúmeros refugiados que continuam a chegar às portas da Europa em embarcações precárias.

Desta vez, o artista radicado na Alemanha,estará representado na Art Basel em Hong Kong, que acontece entre os dias 29 e 31 de Março. A obra “Wave”, datada de 2015, estará presente no Centro de Convenções e Exposições de Hong Kong trazido pela galeria londrina Lisson Gallery.

A escultura, que mostra uma onda feita de porcelana, foi feita em parceria com artesãos de Jingdezhen, o mais importante centro de produção de porcelana da China. O artista foi buscar inspiração para a obra em termos de uso de materiais a peças produzidas no período da dinastia Song, sendo que a imagem da onda é também inspirada na pintura em madeira “Under de Wave off Kanagawa (The Great Wave)”, de Katsushika Hokusai, artista japonês que viveu entre os anos de 1769 e 1849. “Wave” faz igualmente referências ao pintor chinês Ma Yuan.

A primeira vez que Ai Weiwei expôs em Hong Kong foi em 2015. Em entrevista concedida à revista Time Out, o ano passado, revelou a sua paixão pelo território. “Adoro Hong Kong. Adoro esta cidade, onde as pessoas têm força nos seus corações e clamam por liberdade e independência. Estas são as qualidades mais importantes para qualquer sociedade. Sinto-me sempre confortável sempre que tenho uma oportunidade de mostrar o meu trabalho aqui.”

Além do trabalho de Ai Weiwei, a mesma galeria de arte traz a Hong Kong trabalhos de artistas como Djurberg & Berg, Tony Cragg, Ryan Gander, Rodney Graham, Carmen Herrera e Anish Kapoor, entre outros.

Filmes em agenda

Além da exposição de peças artísticas de centenas de galerias de todo o mundo, o programa deste ano da Art Basel também inclui a exibição de três documentários de Liu Xiaodong que, além da sua imersão no cinema, é também um artista representado pela Lisson Gallery.

“On the Other Riverbanks in Berlin” é o mais recente filme do artista chinês contemporâneo, realizado na capital alemã o ano passado, que faz em Hong Kong estreia em toda a Ásia.

“Dong”, filme Jia Zhangke de 2006, é outra das películas exibidas durante a Art Basel. Na tela, surge o próprio artista a pintar um grupo de trabalhadores a desconstruir uma cidade perto da barragem das Três Gargantas, na China, bem como um grupo de prostitutas em Banguecoque.
“Hometown Boy”, de 2011 será também exibido e conta todo o percurso de Liu Xiaodong, que saiu de casa dos pais aos 17 anos e voltou 30 anos depois para pintar a sua família, amigos e a terra natal já totalmente transformada.

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários