Évora | Candidatura a Capital Europeia da Cultura em desenvolvimento

Évora está a trabalhar numa “candidatura sólida e consensual” a Capital Europeia da Cultura em 2027 e definiu 2019 como o ano de “afirmação” do projecto, um ano depois de ter anunciado oficialmente a sua intenção.

“Definimos 2019 como o ano de lançamento público e de afirmação da candidatura e é para isso que estamos a trabalhar”, afirmou o presidente da Câmara de Évora, Carlos Pinto de Sá (CDU), em declarações à agência Lusa.

A intenção de candidatar a cidade de Évora a Capital Europeia da Cultura em 2027 foi anunciada oficialmente, em Novembro do ano passado, no Salão Internacional do Património Cultural, em Paris, França.
O autarca assinalou que Évora foi a primeira cidade “a anunciar a sua [intenção de] candidatura” e consensualizou o projecto com “um conjunto de entidades regionais e locais”, tendo sido constituída uma comissão executiva.

“Esta comissão tem vindo a desenvolver um trabalho, no âmbito dessa candidatura, que, nesta primeira fase, tem muito a ver com a recolha de experiências e com a preparação de uma candidatura sólida para o futuro”, disse.

Carlos Pinto de Sá realçou que a Câmara de Évora e os seus parceiros neste projecto definiram “um programa de trabalho que está a ser cumprido” e que “está dentro daquilo que são os prazos” definidos.

Pinto de Sá insistiu que o município alentejano tem trabalhado com os seus parceiros no projecto para “garantir que todos convergem e isso tem sido conseguido”, o que, considerou, “absolutamente essencial”.

De acordo com o calendário europeu, a decisão sobre a Capital Europeia da Cultura em 2027 será tomada cinco anos antes, em 2022.

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários