Presidente executivo do grupo Alibaba anuncia amanhã estratégia de sucessão

O presidente executivo do gigante chinês de comércio ‘online’ Alibaba anuncia amanhã, segunda-feira, o plano para sua sucessão, mas o multibilionário chinês não se retirará imediatamente do cargo, informou o grupo no jornal South China Morning Post.

O jornal de Hong Kong South China Morning Post (SCMP), de propriedade do Alibaba, negou as informações publicadas na sexta-feira pelo New York Times (NYT) de que o carismático Jack Ma, o terceiro homem mais rico da China, abandonaria as suas funções na segunda-feira.

Jack Ma revelará segunda-feira, dia em que assinala 54 anos, “uma estratégia de sucessão”, mas permanecerá como presidente executivo até novo aviso, escreve o SCMP.

Ma já havia deixado em 2013 a direção-geral do Alibaba. O empresário tinha dito ao NYT que pretendia agora concentrar-se em projetos filantrópicos na educação, mas que continuaria a aconselhar o grupo.

Os comentários foram “retirados do contexto e são factualmente falsos”, disse um porta-voz do grupo ao SCMP.

Ex-professor de inglês, Jack Ma é, segundo a Bloomberg, a 19ª fortuna mundial, com um valor acumulado de 40 mil milhões de dólares. O Alibaba, fundado em 1999, tem agora cerca de 85 mil funcionários, com vendas anuais na ordem dos 69 mil milhões de dólares. As suas plataformas de comércio ‘online’ Taobao e Tmall controlam 60% do mercado chinês.

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários