Internet | Wikipédia não cederá nos seus princípios para entrar na China

O fundador do Wikipédia, Jimmy Wales, advertiu ontem, em Taiwan, que a enciclopédia electrónica “não cederá nos seus princípios” para entrar na China, mas que continuará a “colaborar com o Governo chinês para terminar o bloqueio”.

Lançada em Maio de 2001, a versão em chinês do Wikipédia está bloqueada na China desde 3 de Junho de 2004, um dia antes do 15.º aniversário da sangrenta repressão do movimento pró-democracia de Tiananmen.

Segundo Wales, muitas empresas cederam perante exigências de Pequim para acederem ao mercado chinês, mas o Wikipédia “nunca o fará”, apesar de reconhecer que esta é uma decisão “complicada” e difícil de classificar como “correcta ou incorrecta”. O fundador do Wikipédia destaca que a sua empresa pode contribuir para um entendimento maior entre a China e o mundo, incluindo para uma melhoria dos laços entre Pequim e Taipé, já que o “conhecimento ajuda a resolver mal-entendidos”. “O conhecimento e a aceitação dos factos históricos e a compreensão dos desacordos são incrivelmente poderosos para gerar soluções”, afirmou.

Wales participa em Taiwan do Fórum de Inovação Digital, que se celebra até sexta-feira e aborda a inteligência artificial, tecnologia científica e financeira e a inovação digital.

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários