PARTILHAR

A Polícia Judiciária (PJ) lamenta as declarações falsas dadas pelas autoridades da Malásia relativamente à presença do empresário Jho Low, em Macau.

Segundo o canal chinês da Rádio Macau, a PJ tinha informado na passada quinta-feira que o empresário em fuga já teria saído de Macau. No entanto, no mesmo dia, referiu que tinha existido um mal-entendido e que o homem de nacionalidade malaia que tinha deixado o território não era o empresário.

A PJ afirmou ainda que não vai divulgar dados pessoais ligados à entrada e saída de pessoas do território, e que o Subgabinete de Macau do Gabinete Central Nacional Chinês da Interpol já respondeu aos pedidos da Malásia. As autoridades locais lamentam, no entanto, que os serviços policiais estrangeiros tenham divulgado informações falsas sobre Macau na comunicação social.

Jho Low é procurado há mais de três anos no país de origem e segundo o Inspector-Geral da Polícia Real Malaia, Tan Sri Mohamad Fuzi Harun, estaria em Macau.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here