PARTILHAR
DR

A Croácia venceu ontem a Islândia por 2-1 e fechou o grupo D do Mundial 2018 de futebol no primeiro lugar e só com vitórias, enquanto os estreantes islandeses foram eliminados, atrás da Nigéria e da apurada Argentina.

O jogo foi equilibrado, em que a Croácia, já apurada, fez valer o favoritismo e apresentou ‘credenciais’ para a fase a eliminar, enquanto os islandeses, que precisavam de vencer para seguir em frente, ainda sonharam, depois de Sigurdsson empatar, de grande penalidade, após o tento inaugural de Badelj.

Ainda assim, a Argentina fez o 2-1 com que venceu a Nigéria para se apurar perto do final, com a Islândia, estreante em campeonatos do mundo, a cair perante um tento de Perisic, aos 90.

Numa primeira parte equilibrada, as principais oportunidades de golo só surgiram nos últimos minutos, com Finnbogason a combinar com Sigurdsson e rematar aos 40, tendo a bola passado perto, antes de Gunnarsson, aos 45+2, obrigar Lovre Kalinic a defesa apertada.

A Croácia voltou melhor dos balneários e, pouco depois do golo do empate da Nigéria no outro jogo, num penálti de Victor Moses, Badelj fez o primeiro aos 53, numa jogada de insistência dos croatas, e ‘afundava’ a Islândia.

Na resposta, Kalinic defendeu um cabeceamento de Ingason para negar o empate e, no canto, o mesmo jogador islandês cabeceou por cima, no melhor período dos islandeses.

Aos 75, o ‘substituto’ Lovren, um dos nove jogadores poupados por Zlatko Dalic para o jogo, cortou uma bola com o braço dentro da área, dando a Sigurdsson a oportunidade de empatar o encontro.

Perante o empate entre argentinos e nigerianos, os islandeses precisavam de fazer o segundo para ultrapassarem os africanos e chegar ao segundo lugar, mas foi a Croácia a conseguir a vitória.

Em cima dos 90, Perisic acabou com o ‘sonho’ dos islandeses ao fazer o 2-1, após um passe de desmarcação de Badelj.

Até final, os islandeses fizeram tudo para ir atrás do 2-2, mas em vão, abandonando o Mundial de estreia no quarto e último lugar do grupo D, com um ponto conquistado frente à Argentina (1-1).

O pleno de vitórias dos croatas permite-lhes sair do grupo em primeiro lugar, marcando encontro com a Dinamarca, e evitar a França, que vai jogar com a Argentina, segunda classificada da ‘poule’.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here