PARTILHAR

Os Serviços de Saúde (SS) afirmaram em comunicado que condenam o caso de agressão sexual “efectuada por um médico de 80 anos de idade a uma doente”, estando a “adoptar medidas que evitem a ocorrência de incidentes deste tipo”. O caso foi denunciado este fim-de-semana, quando uma jovem acusou um médico de uma clínica da zona norte de lhe ter apalpado os seios durante mais de dois minutos depois de lhe ter diagnosticado uma gastroenterite e de ter apalpado a barriga da paciente. Segundo a TDM, o médico assegurou que para confirmar o diagnóstico tinha de “massajar os seios” da rapariga, algo já deitado por terra por peritos da comunidade médica. Os SS lembram que os médicos devem ter regras de conduta que são regidas por lei e, neste caso, o médico já foi presente ao Ministério Público.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here