PARTILHAR

Quatro funcionários do governo estão a ser investigados por aceitar subornos, informou ontem a Suprema Procuradoria Popular (SPP) da China. Meng Fanyou, ex-vice-inspector do comité do Partido Comunista da China (PCC) em Chifeng, Região Autónoma da Mongólia Interior, Liu Jinghai, ex-inspector do gabinete geral do Comité Regional do PCC na Região Autónoma da Mongólia Interior, Lu Wufu, ex-vice-presidente da câmara de Changde, na Província de Hunan e Pi Lin, ex-gerente-geral do Grupo da Imprensa do Diário de Hunan são os mais recentes “tigres” a cair nas malhas da justiça. Meng e Liu foram também acusados de corrupção, o que normalmente significa a posse e o uso ilegais de fundos e bens públicos sem intenção de reembolso. Pi foi acusado de desviar fundos públicos, uma acusação inferior. Todos os quatro foram presos, disseram as autoridades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here