Fotografia | Exposição de Eva Mok inaugura no Albergue a 7 de Agosto

O Albergue exibe a partir de quarta-feira uma exposição individual de fotografia, assinada pela artista local Eva Mok, sobre o quotidiano das pessoas e os eventos colectivos que celebram na cidade

 

Impressões de Uma Pequena Cidade: Exposição de Fotografia de Eva Mok” é o nome da mostra individual que é inaugurada na próxima quarta-feira, 7 de agosto às 18h30, na galeria A2 do Albergue.

A artista, nascida e criada em Macau, tem desenvolvido o seu trabalho como fotógrafa figurativa, representando o quotidiano e a cultura de diferentes países, incluindo o dela, através de uma perspectiva humanista da vida. Eva Mok vem revelando ainda especial interesse em “captar a arquitectura única em todo o mundo, quer pelo seu valor estético, quer pelo seu importante papel na civilização”, segundo informa a organização do evento.

A exposição está dividida em duas partes. “A primeira secção apresenta fotos de cenas de rua em Macau e as actividades diárias da população local. Em vez de captarem aspectos diversos sobre Macau, as imagens focam-se mais no lado tradicional da cidade, algumas das quais tiradas no velho bairro onde a artista cresceu”. O ritmo rápido a que Macau se desenvolve faz com que Eva Mok espere “que estas fotografias venham um dia a servir de memória das coisas que foram desaparecendo com o tempo”, lê-se na nota de imprensa.

“A segunda secção mostra cenas de festivais locais. Fotos não só sobre os festivais tradicionais, mas também alguns eventos criados em anos mais recentes, como o Festival Internacional de Lanternas ou a Parada Internacional de Macau”, dados como exemplo. Todos os trabalhos, que integram as duas secções, são formas diferentes da artista olhar para o território e homenagear a sua cidade.

Impressões da fotógrafa

Eva Mok trabalha actualmente como fotógrafa e tradutora em regime de free-lancer, além de se considerar uma viajante solitária. A primeira exposição colectiva em que participou foi em 2014, com um projecto concebido para o Workshop de Fotografia do “25º Festival de Artes de Macau”, no Edifício do Antigo Tribunal. No mesmo ano integrou ainda a Exposição dos Membros da ASM (Associação Fotográfica de Macau), no Pavilhão do Jardim Lou Lim Ieoc. Em 2016 lançou-se em voos mais altos, com “Uma Viagem Longe Da Vida Urbana”, que esteve patente na 5th Base Gallery, em Londres.

O seu percurso conta também já com algum reconhecimento local, nomeadamente uma menção honrosa na 5ª Edição dos Prémios Anuais do Mobile Photography – Categoria Still Life, ou o primeiro prémio no “II Concurso Macau Creative Make-up and Image Design”, ambos em 2015. Em 2016 voltaria a ser galardoada, desta vez com o prémio do júri, no “III Concurso Macau Creative Make-up and Image Design”. Em 2018 recebeu também uma menção honrosa, no concurso de fotografia “Património, Gastronomia e Tradições de Macau”.

A mostra “Impressões de Uma Pequena Cidade” é co-organizada pelo Albergue SCM e pelo Círculo dos Amigos da Cultura de Macau (CAC), com o apoio da Fundação Macau. As portas vão estar abertas entre 7 de Agosto e 8 de Setembro, todos os dias, com entrada gratuita.

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários