PARTILHAR

Macau vai receber uma delegação do Fundo de Cooperação e Desenvolvimento China – Países de Língua Portuguesa. A novidade foi avançada ontem por Chang Hexi, Secretário-Geral do Secretariado Permanente do Fórum Macau, durante a cerimónia de abertura de um colóquio de Gestão de Administração Pública para os Países de Língua Portuguesa.
“Sobre esse assunto temos de ter em consideração [o facto do mesmo] ser gerido por uma equipa de gestão. Será criada uma delegação do Fundo de Cooperação”, confirmou, sem avançar qualquer data para o efeito. “Ainda não tenho informações concretas, porque é da responsabilidade da equipa de gestão”, frisou.
Questionado sobre a promoção do Fundo, Chang Hexi confirmou haver necessidade de maiores esforços. “Atribuímos muita atenção à promoção do Fundo (…) acho que devemos esforçarmo-nos mais, temos feito muitos trabalho de promoção, mas há margem de melhoria”, afirmou ainda.
Com apenas dois projectos aprovados, um em Angola, outro em Moçambique, o Fundo acolhe mais de mil milhões doláres norte-americanos, geridos por uma equipa em Pequim. Questionado sobre novos projectos, o Secretário-Geral diz não existirem, ainda, informações actualizadas.
Chang Hexi avançou ainda que a Conferência Ministerial do Fórum de Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa irá acontecer entre o final de Outubro e o início de Novembro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here