PARTILHAR

O Armazém do Boi vai organizar um fórum e uma exposição sobre a teoria da evolução e sobrevivência dos espaços artísticos. Este evento será o primeiro sobre o tema apresentado pelo Armazém do Boi e é participado por artistas e especialistas de Macau, Taiwan e Cantão.
Assim, este programa de intercâmbio regional, encetado também pela Estação Huangbian de Cantão, vai contar com a presença de grupos artísticos representativos da Formosa para estudar como os espaços de arte e os grupos independentes se adaptam às mudanças sociais para conseguirem sobreviver. Para discutir o assunto, estarão também presentes representantes de artistas, que vão discutir a evolução dos espaços de arte independentes, numa sessão onde explicarão aos presentes como continuar a melhorar a sua performance e sobre forma de adaptação para sobreviverem.
Explorar as ecologias artísticas de cada uma das regiões, discutir outros temas de interesse e a partilha de experiências e ideias é também um dos objectivos do evento.
Segundo a organização, Macau, Guangzhou e Taiwan têm intercâmbios artísticos frequentes, apesar de cada uma destas regiões ter suas próprias tendências e processos de desenvolvimento artístico diferentes.
Todavia, lê-se ainda no comunicado distribuído à imprensa, nos últimos dez anos o crescimento dos espaços de arte independentes nas três regiões tornou-se um tema da actualidade, ao que não serão alheias as políticas culturais oficiais e a demanda do público.

Protagonistas

Os oradores serão Frank Lei (Armazém do Boi), Li Xiaotian (Huangbian Station) e Lai Hsin-Lung (Hantoo Art Group). Participam ainda os artistas Bianca Lei, Noah Ng e Cora Si (Armazém do Boi), Catherine Chen, Chen Jialu, Zhongjian Du, Haibin Huang, Jingbin Liu e Zhiyong Li (Estação Huangbian – Cantão) e Lai Hsin-Lung, Yang Jen-Ming, Lu Hsien-Ming e Chang-Ling (Grupo Hantoo Art – Taiwan).
“Teoria da Evolução dos Espaços Arte”, assim se chama o evento, é organizado pelo Armazém do Boi e patrocinado pelo Instituto Cultural e pela Fundação Macau e comissionado conjuntamente pela Estação Huangbian de Cantão e pelo Grupo Art Hantoo de Taiwan. A produção é de Gigi Lee, artista e curadora de Macau.
O local da exposição é, naturalmente, o Armazém do Boi. Fórum e Exposição acontecem a 21 de Maio estando o início do fórum previsto para as 15h00 e a cerimónia de abertura da exposição para duas horas mais tarde, ficando depois patente ao público até ao dia de 10 Julho. A entrada é livre.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here