Táxis | DSAT entrega Regime revisto “em breve” e adiciona figura do polícia à paisana

ADirecção dos Serviços para os Assuntos de Tráfego (DSAT) afirmou que a revisão do Regulamento do Transporte de Passageiros em Automóveis Ligeiros de Aluguer (ou Táxis) vai ser entregue à Assembleia Legislativa (AL) “o mais breve possível” e vai mesmo haver polícias à paisana a fiscalizar o transporte. Em declarações ao jornal Ou Mun, a DSAT disse estar a preparar a revisão do Regulamento em conjunto com a PSP e a Direcção dos Serviços dos Assuntos de Justiça (DSAJ) e avançou algumas das mudanças.
“O trabalho está na fase final, vamos acelerar para entregar a revisão à AL o mais rápido possível”, disse o organismo. “A revisão tem alguns assuntos importantes, como a melhoria do sistema de licenciamento, o aumento da punição contra as acções ilegais, o combate às infracções via polícia à paisana, a instalação do equipamento de gravação de forma voluntária dentro dos táxis e a suspensão ou cancelamento da licença.”
A Associação dos Taxistas de Macau diz mesmo que a multa atribuída neste momento às infracções cometidas por estes profissionais não é “suficientemente” dissuasora. Tai Kam Leong, vice-presidente da Associação, diz que mil patacas é o mesmo montante pago há 20 anos, pelo que sugere o aumento da sanção. “Caso os taxistas violem a lei três vezes em dois anos, o Governo pode suspender a licença e exigir que frequentem cursos de formação. Para que os taxistas consigam voltar a trabalhar devem passar um exame” exemplificou o vice-presidente.
Outros dos pedidos é a criação de uma plataforma online semelhante à da Uber, para reservar táxis. De acordo dos divulgados do Governo, a DSAT contou 357 casos dos serviços de transporte sem a devida autorização, sendo que nove diziam respeito à Uber. A revisão deste regime estava planeada para terminar no ano passado.

Licenças adicionais asseguradas

A DSAT assegurou que vai adicionar mais 250 licenças de táxis para que o número destes transportes ascenda aos 1500 a 1600 até ao fim deste ano e indicou ainda que vai criar outra plataforma de chamada de serviços de táxi, para ser mais conveniente para os deficientes físicos.

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários