PARTILHAR

Estudantes de diversas instituições superiores de Macau participam, este fim-de-semana, num debate que tem como objectivo simular uma cimeira de chefes de Estado e governos da União Europeia. A actividade, organizada pelo Programa Académico da UE na Universidade de Macau (UM), debruça-se sobre a questão dos refugiados na Europa.
“The Macau Model European Union” conta com o apoio da Youth Association of International Affairs (YAIA) e traz ao debate 56 estudantes da própria universidade, da Universidade Cidade de Macau, do Instituto de Estudos Turísticos, do Instituto Politécnico de Macau, da Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau e da Universidade de São José.
“Os estudantes vão ser divididos em equipas de dois, cada equipa representando um dos 28 membros da UE. Vão discutir a posição da Europa face à onda de refugiados que está a afectar a Europa e os três melhores estudantes vão ser galardoados com uma missão de estudo à Europa. Os quatro segundos melhores vão ser premiados com prémios monetários, bem como a equipa que apresentar o melhor ensaio sobre a questão em discussão”, explica a organização em comunicado.
A simulação tem como objectivo alargar o espectro de assuntos internacionais do conhecimento dos estudantes, aumentando também o seu entendimento sobre os assuntos da UE e suas instituições e cultivando o debato, o falar em público e a capacidade de negociação.
O evento, que acontece no Senate Room da UM, tem início marcado para as 10h00 de dia 28 de Novembro e a cimeira acontece às 18h00, estendendo-se todo o dia 29. A entrada é aberta ao público.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here