PARTILHAR

Já não se vai realizar em Macau o Fórum Global da Aliança Mundial das Cidades contra a Pobreza, uma iniciativa do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, avança a Rádio Macau, citando a publicação Nikkei Asian Review. Devido ao caso de corrupção que envolve dirigentes da ONU e o empresário Ng Lap Seng, acusado de ter pago subornos para promover a construção no território de um centro de convenções das Nações Unidas, um porta-voz do Escritório das Nações Unidas para a Cooperação Sul-Sul, a entidade que está no centro do caso envolvendo os responsáveis, explica que o fórum foi cancelado. De acordo com o Nikkei Asian Review, numa conferência do Escritório das Nações Unidas para a Cooperação Sul-Sul realizada em Agosto em Macau discutiu-se também a ideia de instalar no território parte do secretariado da Aliança Mundial das Cidades contra a Pobreza, mas também esse plano foi agora posto de parte. Tanto esta como a decisão de cancelar o Fórum Global acontecem depois de o Escritório para a Cooperação Sul-Sul ter dito que não iria aceitar 13,5 milhões de dólares americanos oferecidos pela fundação de Ng Kap Seng.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here