PARTILHAR

Os Serviços de Saúde (SS) lançam desde ontem e até dia 22 de Novembro a Semana Mundial de Consciência sobre os Antibióticos, que tem como objectivo alertar as pessoas para a resistência aos antibióticos e apelar a que os cidadãos façam boa utilização deles. De acordo com os SS, como em todo o mundo, “a situação da resistência aos antibióticos em Macau é gradualmente mais grave, constituindo cada vez mais uma ameaça à saúde pública”.
“O tema da campanha ‘Antibióticos: manusear com cuidado’ visa sensibilizar o público para a problemática da resistência aos antibióticos a nível global, sendo encorajadas as melhores práticas junto do público e dos trabalhadores de saúde e para o uso correcto dos antibióticos, de modo a evitar a ocorrência e propagação contínua da resistência aos antibióticos”, pode ler-se num comunicado dos SS.
O Relatório Global de Vigilância em Resistência Antimicrobiana 2014 da OMS indica uma resistência aos antibióticos a nível mundial, o que ameaça a capacidade de tratamento das infecções gerais. “Caso não sejam definidas acções urgentes de coordenação, o mundo caminhará para uma “era pós-antibiótico” – em que infecções comuns e ferimentos simples tratáveis há décadas se tornam fatais”, aponta o comunicado dos SS.
De acordo com os dados do organismo, as bactérias mais frequentes detectadas em 2014 no território eram principalmente e.coli, estafilococos (existem na pele das pessoas, embora frequentemente também estejam presentes nos intestinos e no trato urinário) e a klebsiella pneumoniae, causadora da pneumonia. As taxas de resistência às duas últimas chegam a 40% e 30%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here