PARTILHAR

A venda de bilhetes para a 62ª edição do Grande Prémio de Macau (GPM) aumentou 30% face ao ano passado, confirmou esta segunda-feira João Costa Antunes, coordenador da Comissão do GP. O aumento das vendas traduz-se em receitas de sete milhões de patacas, sendo que em relação aos patrocínios houve um aumento de 8%. Em relação à passagem da Comissão do GP para a alçada do Instituto do Desporto (ID), Costa Antunes disse que “a fase preliminar do Grande Prémio teve a participação de vários serviços e todas as tarefas incluem uma colaboração inter-departamental”, sendo que tanto a Comissão, como o ID “já realizaram várias reuniões nas quais se registou um progresso satisfatório”, aponta um comunicado ontem divulgado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here