CRED-DM | Curso de Português Jurídico em quarta edição

Filipa Araújo -
19
0
PARTILHAR

Começou em 2011 e tem sido um sucesso. A formação de Português Jurídico, da organização do CRED-DM – Centro de Reflexão, Estudo e Difusão do Direito de Macau da Fundação Rui Cunha, é totalmente dirigida a alunos ou formandos chineses que dominem o Português e arranca agora para a quarta edição.
“O que se pretende é transmitir-lhes conceitos e princípios básicos do Direito de Macau, desmistificando uma série de figuras jurídicas que no Direito Português têm significados diferentes que, ao fazer-se a tradução para Inglês, vão ter a uma só figura jurídica”, explica Filipa Guadalupe, coordenadora da formação. Filipa Guadalupe
O curso começa já no próximo dia 15 de Setembro e conta com 30 vagas, sendo que mais de metade já está ocupada. Recorrendo a uma parte muito prática, a jurista, juntamente com o advogado Óscar Madureira, vai uma vez mais “desmistificar de uma forma simples o Direito, usando uma técnica muito visual, com muitas imagens e exemplos práticos”.
Da experiência de anos anteriores, a coordenadora explica que este é um curso para todos, mas é muito procurado por tradutores, juristas da Função Pública, advogados estagiários e estudantes de mestrado.
“É um curso muito prático, com muitas interacção entre coordenadores e alunos”, afirma, adiantando que o curso que agora começa estará dividido em duas partes. “Nesta primeira parte, até final de Novembro, serão dados conceitos de Direito Civil e Processo Civil e as noções básicas da Lei Básica e da organização administrativa e judiciária”, enumera. Em Janeiro, começará a segunda parte da formação que se irá debruçar sobre o Direito Penal e Processo Penal e Direito Comercial.
As inscrições podem ser feitas junto do CRED-DM, sendo que o curso tem a duração de 18 horas, acontecendo às segundas e quartas-feiras, e é gratuito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here