PARTILHAR

O Gabinete para as Infra-estruturas de Transportes (GIT) divulgou alguns dados pessoais de cidadãos que participaram na consulta pública sobre o metro em Seac Pai Van. Os números de documentos de identificação, nome e e-mails foram alguns dos dados tornados públicos depois do GIT ter publicado o documento sobre o Resultado da Actividade da Recolha de Opiniões sobre o Estudo de Viabilidade.
A notícia foi avançada pelo canal chinês da Rádio Macau, que cita Lam U Tou, vice-presidente da Associação Choi In Tou Sam pedindo que o problema seja resolvido. O vice-presidente espera que o GIT resolva problema, tendo este já reagido com um pedido público de desculpa, assegurando que foi iniciada a recolha das cópias distribuídas, especificando que se tratam de 28 exemplares.
O GIT explica que “normalmente tapa os dados pessoais nas opiniões recolhidas”, mas acredita que este problema possa ter acontecido devido a composição tipográfica ou a uma falha no processo de impressão. “Vamos contactar as pessoas que levantaram o exemplar e pedir que as devolvam”, garantiu o gabinete.
A publicação foi lançada no domingo passado e estava disponível nas instalações do GIT para qualquer pessoas. Segundo o mesmo canal, Lam U Tou acha que o Governo deve aprender com esta experiência e tratar dos dados pessoais de forma mais rigorosa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here