PARTILHAR

Uma porta-voz da Polícia Judiciária (PJ) afirmou ontem que, depois de uma investigação, o suspeito detido nos NAPE que se pensava ser o assaltante e agressor de uma mulher na Areia Preta não tem nada a ver com o caso. A PJ ainda está a investigar e à procura do suspeito. Uma mulher local foi assaltada e atacada na segunda-feira à noite perto do Jardim da Areia Preta. Segundo a PJ, o suspeito tem cerca 40 anos, fala Cantonês e tem cerca de 1,70 metros. No momento da fuga, usava chapéu, roupa amarela e calças pretas. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here