PARTILHAR
Mais de três dezenas de autocarros vão aumentar as frequências de partidas de manhã e ao início da tarde, de forma a escoar o número de passageiros que aumenta com a chegada do ano lectivo. São algumas das medidas propostas pela DSAT, que se integram ainda na colocação de mais sinais e agentes nos pontos críticos

As três operadoras de autocarros vão reforçar a frequência de partidas, com maior capacidade de lotação e do número de veículos de reserva. A ideia é minimizar o impacto que o regresso às aulas poderá ter no trânsito. Entre outras medidas, como o escoamento do trânsito em locais mais complicados, a Direcção dos Serviços para os Assuntos de Tráfego (DSAT) pediu às operadoras que aumentassem a frequência de partidas de 36 autocarros.
“Nos primeiros dias de aulas [as operadoras] vão acelerar o escoamento de passageiros através do aumento da frequência de partidas de autocarros com maior capacidade de lotação e do número de veículos de reserva, suspensão do direito ao gozo de férias de trabalhadores e afectação de condutores para as carreiras especiais”, começa por dizer a DSAT em comunicado. “Cerca de 36 carreiras de autocarros irão aumentar a frequência de partidas durante as horas de ponta da parte da manhã e da tarde nos primeiros dias de aulas do novo ano lectivo. A DSAT exigiu às três companhias de autocarros que destaquem mais trabalhadores auxiliares e fiscais de brigada móvel, para ajudar os passageiros nas filas de espera e fiscalizar as paragens das diversas zonas, com o objectivo de racionalizar a disciplina das paragens de autocarros.”
A aplicação móvel “Localização dos Autocarros”, que funciona a título experimental, vai fornecer informações da chegada, em tempo real, de um total de 32 carreiras de autocarros.
A DSAT e a PSP vão ainda vigiar “de perto a situação rodoviária das diversas zonas (…) e serão destacados agentes de trânsito nas proximidades das escolas para sensibilizar os peões sobre o cumprimento das regras de trânsito”. Foram ainda renovadas as sinalizações de 40 ruas nas proximidades de 32 escolas, de forma a aumentar a segurança dos estudantes.
Paralelamente, a DSAT prevê o final das obras gradualmente sendo que “até final” de Agosto estas vias serão reabertas para circulação de veículos, em articulação com o início do novo ano lectivo. A Avenida do Venceslau Morais, Estrada de Ferreira do Amaral, Rua da Ribeira do Patane, Avenida de Sidónio Pais e Rua do Campo já estão reabertas para circulação e as obras da Avenida do Conselheiro Ferreira de Almeida, Avenida da Praia Grande, Estrada da Areia Preta, Avenida Dr. Francisco Vieira Machado e Rampa dos Cavaleiros terão conclusão ainda durante esta semana.
Já as obras da Taipa, nomeadamente as da Rotunda do Estádio, continuam a decorrer.

PARTILHAR
[email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here