PARTILHAR

Um taxista, portador do documento de identidade local, quis cobrar a um passageiro do interior da China uma tarifa de 2000 dólares de Hong Kong por uma viagem entre as Portas do Cerco e os NAPE. Durante a viagem, ao saber do preço, o passageiro não aceitou e o motorista acabou por parar na Areia Preta, onde os dois entraram em discussão. Alegadamente, o taxista, como vingança, trancou a porta do táxi e não permitiu que o passageiro descesse tendo ainda chamado dois homens que chegaram para bater no homem do continente, tendo tentando também arrancar a mala à vítima. O taxista ficou ao lado para vigiar enquanto as agressões ocorriam. Os dois atacantes levaram depois a vítima para um beco e foi aí que o homem pediu socorro. O taxista e os dois atacantes fugiram do local e, após uma queixa, a Polícia Judiciária (PJ) chamou o taxista para ajudar na investigação. A Polícia ainda está a procura dos dois outros homens.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here