Fernando Eloy

56 ARTIGOS 0 COMENTÁRIOS

Memórias de Alecrim

Alecrim não era um amigo íntimo, nem um amigo, longe disso. Terei trocado meia dúzia de frases com ele nesta década e meia que...

Idade das Trevas

Há uns dias, numa qualquer estação de TV, perguntava-se a jovens americanos num campus universitário a sua opinião sobre as eleições norte-americanas, que uma...

Subtropical (episódio IV)

(final do episódio passado: “Talvez aguentasse mais um mês a andar, talvez mais, até aguentaria três se fosse poupadinho e soubesse preservar as energias....

Campeões Europeus da terra queimada

Falava eu com a família em Portugal quando sou questionado sobre a minha opinião do andar da carruagem lusitana. A primeira resposta que me...

A sede da vitória

Não gosto de escrever sobre futebol porque não acho que seja assunto. Escreve-se demais, fala-se demais e normalmente mal. Espreme-se um jornal desportivo e...

Vivam os Piratas!

Aqui há dias falava com alguém sobre piratas e vi-me quase ostracizado por dizer que os admiro e até talvez, nas condições certas, me...

Salário mínimo criativo

Como o Jacinto não dá notícias faz duas semanas, volto à realidade macaína, inspirado pelo último Festival de Investimento em Cinema e pela anunciada...

Subtropical (episódio III)

(continuação da edição passada: “Acredita quando mais ninguém for capaz, mesmo quando tudo parecer indicar o pior.” Assim era de facto e a tempestade...

Subtropical (episódio II)

(continuação da semana passada: “Jacinto sabia que as forças estavam no limite. Apenas a vontade o mantinha ali, quiçá a imagem do sonho. porque...

Subtropical (episódio I)

Após anos numa longa e dura jornada onde Jacinto, chamemos-lhe assim, teve de ultrapassar várias dificuldades, ei-lo a poucas milhas do destino um dia...

Excepção sem regras

Poucas são as coisas sobre as quais tenho certezas. Os dedos de uma mão chegam, e sobram, para as contar mas, de entre essas...

A Terra do Eu

Um dia, uma grande tempestade acompanhada de um tremor de terra abriu um buraco na terra perto onde um pastor, de seu nome Gyges,...

Humor Britânico

A saída do Reino (ainda) Unido da Comunidade Europeia é, provavelmente, dos melhores episódios de humor britânico dos últimos tempos. Tudo tem piada. As tiradas...

Os muros das lamentações

As imagens valem mil palavras, certo? Então aqui ficam três. Acompanhadas de duas sugestões. I. Com a falta de espaços bravios que tanta falta fazem ao...

Wabi Sabi, a falta que nos faz

Devemos todos algo a pelo menos um professor. Neste caso, devo-o ao professor Jorge Cavalheiro em cujas aulas de cultura do Japão tive o...

Banido!

Questões pessoais não são chamadas para as páginas de um jornal. Nem numa coluna de opinião, dirá alguém e eu concordo. Mas isto não é pessoal. Para mim, é de interesse público. O banimento, posso dizê-lo, pois que o poderia ter negado não o fez apesar de a isso instado, ficou a dever-se a um texto publicado nesta mesma página no passado dia 17 de Fevereiro deste ano, intitulado “Para que serve a TDM?”.

Nós, as máquinas

Já abordei várias vezes o advento da inteligência artificial (IA) nesta página, mas as notícias sucedem-se e, com elas, o intricado que é perceber...

Os bichos

Por mais que espante não me espanto que o Secretário Raimundo do Rosário tenha dito não ter condições para fiscalizar obras, que estas têm...

Turismo, esse xarope

Alguém, que antes residia em Hong Kong, dizia-me gostar de vir a Macau desanuviar mas agora, que vive em Singapura, nem tal lhe passa...

Dois tiros no porta-aviões e um no contratorpedeiro

Admito a minha ingenuidade. Admito até a tendência para tomar as coisas pelo seu valor nominal, mas é assim. Vamos imaginar um cenário, provavelmente irreal,...

Pato sem tomate(s)

Opato é amarelo. O pato é grande. O pato não passa despercebido. O pato está ali na água. O pato não está ali na...

Vinte e quatro ou vinte seis?

O“Dia da Saudade”, 24, como lhe chamam os reaccionários, o (primeiro) “Dia da Liberdade”, 26, como lhe chamam os revolucionários e, pelo meio, outro...

Viver que nem um Pachá?

Há uns bons anos atrás alguém, de quem não me lembro o nome mas que seria um dos braços direitos de Lawrence Ho, dizia-me...

A cura dos espinafres

Calhou esta semana falar com diversas pessoas, de diversas origens, que já tinham estado em Macau anos atrás, recentemente regressados. Uns viventes, outros passantes....