Uma bala, as casas – Família, infância – Legendas sem Fotografias (3)    

Ilustração de Ana Jacinto Nunes

Recordações de E.

1. Este era o sobrinho mais novo da minha mãe, filho de um irmão. Era muito bonito, gostava muito de música, tocava muito bem piano. Um dia estava a tocar junto a um amigo que tinha uma caçadeira na mão e o alvejou. Só lá estavam os dois. Não é em Lisboa, ele está com ar de férias, deve ser no Algueirão.
Sempre pensei que alguém que acerta com uma bala num pianista devia ser duas vezes preso, mas sei que as leis não são assim. As leis não ligam muito à arte, sempre pensei sobre isso. As leis não percebem nada de arte. Acertar com uma bala na mão de um pianista é muito grave, não achas?
 
 
Recordações de J.

1 – 1955 (2/3 anos) Mouchão , Parque Pernes (perto de Santarém). 
Cá estamos os dois irmãos. Iguaizinhos. Estamos sempre com o mesmo corte de cabelo e com o mesmo frio. Vêem? Era isso: estávamos os dois ao mesmo tempo no verão ou no inverno. E nunca no mesmo verão e inverno dos outros. Era diferente: quando os dois andávamos no espaço parecia para mim que se abria uma clareira à nossa frente. Como aquela coisa do mar que vai para os dois lados e deixa passar o povo prometido. Quando éramos crianças eu via as coisas assim. Andávamos os dois e o mar abria para passarmos. Depois, fui percebendo que não. E lá fui tentando não me afogar. Não é fácil.
 
2 – 1953/54 , Casa da Avó em Pernes. Um à frente e outro atrás. Mas era mais ou menos igual. Ninguém queria estar à frente. Quando a avó dizia para um de nós: dá um passo em frente, nós olhávamos sempre para o outro e para onde ele estava. Tínhamos de aparecer os dois na fotografia se não a  fotografia estava estragada. Uma imagem sem os dois era falsa ou estava estragada. É estranho pensar nisso agora.
 
3 – Eu e o meu irmão na nossa casa, Pernes, 1952. A casa é aquilo que quando recuamos nos dá abrigo. Gosto das fotografias que têm casas atrás de pessoas. Dá boa sorte. É bom ter para onde recuar, não é?
 
a partir da Natureza Fantasma de Marco Martins e Companhia Maior

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários