Discurso, Ferro, Oração

O olhar passa pelas coisas como se estas falassem ou pelo menos a sua mudez fosse desesperada. Os objectos não são assim tão passivos.
 
1.
discurso solene
interrompido 
por uma folha branca
 
2.
ecrã saltitante 
à frente do corpo morto
– ataque cardíaco
 
3.
criança resgatada 
fala língua ininteligível
– o horror amputa a sintaxe
 
4.
todos os rostos 
iguais 
– a nuca 
 
5.
o cego toca 
com a mão 
no tecto
 
6.
câmara de filmar 
desligada 
– dança o ministro
 
7.
bombeiros chegam tarde 
nenhum fogo
– uma carta
 
8.
moldura sem quadro
quando ela sai
– espelho solitário
 
9
o rei está sentado 
e fala
– a cadeira está trémula
 
10.
pai morto, mãe desaparecida
menina de seis anos
canta na rua
 
11.
o ferreiro é forte
o metal dobra-se
– o dia não
 
12.
– candeeiros iluminam 
o caminho está livre
não queres ir por aí
 
13.
ajoelha-se para rezar 
corta-se
– vidro
 
14.
o barco no mar 
o medo na terra 
o trovão no ar

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários