Mulheres de Itália

Cleo dança ao pé coxinho o twist and shout simulando só ter uma perna.
Cleofe abriu a janela e está a chamar nomes ao Presidente da República, mas nem sequer sabe o nome dele.
Cleopatra é a primeira passageira a entrar no autocarro e hesita. As coisas fáceis sempre a baralharam.
Cloe está a aprender a atar os atacadores, parece um labirinto de fios mas são só dois.

Clorinda experimentou três batons diferentes com três cores bem diferentes e tem ao lado um guardanapo que parece agora ser um objecto de um atelier de pintura.
Cointa acabou de bater no carro da frente e a sua primeira lição de condução acaba como acabou o seu casamento.

Colomba puxa a saia para cima mal sai do prédio, mas da varanda a mãe está a ver e vai contar ao pai.
Concetta está no quarto 36 e grita muito e fala um italiano que não se percebe.
Consolata está a ler uma história de quadradinhos do Astérix e tem a sua mão esquerda dentro das cuecas, junto ao sexo.

Cora está a rever as gralhas da sua tese de mestrado sobre a forma como os instrumentos de percussão foram aparecendo na Europa e pensa que, da primeiro página à última, tudo é perfeitamente inútil.
Cordelia está descontente com a linha recta que faz com a cocaína e farta-se de rir com a ideia de fazer uma circunferência que a obrigue a sair do sítio.

Corinna está ao lado de Cordelia e também sente que ela suga com as narinas a cocaína numa circunferência perfeita que não tem início nem fim.
Cornelia lê um verso de que fala de um remédio que cura a tosse e a tristeza.

Subscrever
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários