PARTILHAR

Uma delegação do Asia/Pacific Group on Money Laundering (APG) encontra-se, desde ontem, em Macau para reuniões com o Governo, no sentido de serem efectuadas diversas auditorias a serviços governamentais. Contudo, o Gabinete de Informação Financeira (GIF) recusa-se a admitir este facto, tendo-o sonegado ao HM, num exercício claro de falta de transparência deste organismo. O objectivo da actual presença do APG ao território é a preparação de uma série de acções de controlo do modo como o Governo local aplica, entre outras, a lei de branqueamento de capitais, recentemente aprovada. A ausência desta lei tem motivado críticas da entidade reguladora internacional. Agora o APG pretende verificar se a entrada em vigor do diploma corresponde ao modus operandi do Executivo. Os membros do APG deverão estar na RAEMN até à próxima quinta-feira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here