PARTILHAR

OFestival Internacional de Música de Macau (FIMM) deste ano não vai resumir-se apenas a espectáculos e conta com diversos workshops, master classes, palestras e encontros com “músicos de renome”, que actuam nesta que é a 30ª edição do festival. Todos os cidadãos se podem inscrever como participantes ou observadores.
Entre as diversas actividades, destacam-se as master classes com músicos de renome. Em Outubro, no dia 8, reserve o sábado das 14h30 às 16h00 para a master class de percussão com Colin Currie. O líder do Colin Currie Group vai apresentar obras de Steve Reich e ensinar técnicas de percussão de bongo e marimba.
Percussionista, solista e músico de câmara, Colin Currie colabora regularmente com “as maiores orquestras e maestros mundiais”, como indica o Instituto Cultural. Em 2006, fundou o Colin Currie Group, aclamado pela execução de música de Steve Reich e convidado a actuar em todo o mundo. Colin ganhou o Prémio de Jovem Artista da Royal Philharmonic Society, em 2000, recebeu o Prémio Borletti-Buitoni Trust, em 2005, e o Prémio de Instrumentista daRoyal Philharmonic Society, em 2015.
As inscrições, ao preço de cem patacas, acontecem até dia 9 de Setembro e o limite de vagas é de quatro pessoas, sendo que é aconselhável que tenham já conhecimentos e experiência em percussão. Há, no entanto, espaço para 50 observadores, que pagam uma taxa de 40 patacas.
Salto para o dia 15, das 19h30 às 21h00, altura em que Zhang Hongyan vai ensinar técnicas de Pipa, no Conservatório de Macau. A “rainha da Pipa” vai ensinar os apreciadores de Pipa a melhorarem as suas técnicas de interpretação. Os lugares são para três pessoas, sendo que poderá haver 50 observadores.
Zhang Hongyan é professora e coordenadora de cursos de pós-graduação no Conservatório Central de Música e actuou em toda a China, tendo sido a primeira instrumentista a dar um concerto com uma orquestra sinfónica ocidental usando um instrumento chinês. Recebeu o Prémio Asiático de Gravação das Artes e Ciências, em 2006, e a sua gravação de clássicos de pipa foi inscrita permanentemente na Biblioteca do Congresso dos EUA e no American Folklife Center em 2007.
Segue-se um workshop de Piano com Adriano Jordão. O português foi o primeiro director artístico do FIMM e, no dia 22, das 14h30 às 16h00, convida os interessados a uma master class de piano “num estilo vívido e delicado”.
Adriano Jordão é um pianista contemporâneo formado pelo Conservatório Nacional de Música de Lisboa e tem actuado em concertos por toda a Europa, Ásia e Américas e colaborado com numerosas orquestras sinfónicas mundiais. A sua carreira musical tem sido reconhecida internacionalmente e tem granjeado diversas distinções em Portugal e no estrangeiro, incluindo o Primeiro Prémio no Concurso Internacional de Piano Debussy, em França.
O workshop está limitado a três participantes, sendo o prazo de inscrição o dia 23 de Setembro. Há ainda lugar para 50 observadores.
Todas as inscrições devem ser feitas no site do IC, organizador do evento.

PARTILHAR
[email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here