PARTILHAR

Quase 300 pessoas ficaram presas durante aproximadamente duas horas, ao largo de Hong Kong, na noite de sábado, depois do ferry em que seguiam, procedente de Macau, ter colidido com um barco de pesca. Todos os 289 passageiros e dez membros da tripulação que seguiam a bordo do barco, que viajava sob aviso de tempestade, encontram-se a salvo, ainda que uma passageira tenha ficado ligeiramente ferida.
Operado pela empresa TurboJET, o barco zarpou de Macau às 23h15 de sábado e colidiu aproximadamente meia hora depois com um barco de pesca de 15 metros junto a Ngau Tau, grupo de ilhotes perto da ilha de Lantau, onde se localiza o aeroporto internacional da antiga colónia britânica.
O barco ficou parado no local durante duas horas para permitir inspecções por parte da tripulação e pelas autoridades de Hong Kong e da província chinesa de Guangdong, por o acidente se ter registado nas suas águas, que foram ao local para analisar se o ferry tinha ainda condições para continuar a navegar. A frente do barco de pesca ficou danificada, mas as pessoas que seguiam a bordo encontram-se bem.
O ferry acabou por seguir para o porto de Sheung Wan, em Hong Kong, onde chegou por volta das 02h20.

PARTILHAR
[email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here