PARTILHAR

A Universidade de Macau (UM) já reagiu à petição criada pela Associação de Estudantes da instituição e garante que não houve uma redução nos recursos educativos. “A UM faz o esforço para oferecer vagas suficientes para as disciplinas obrigatórias. A UM não reduziu os recursos relacionados com a educação em sala de aula. O número de aulas oferecidas por ano lectivo aumentou em proporção ao crescimento do número de alunos por turma”, disse numa resposta ao HM.
Na sua edição de ontem, o HM noticiou que a UM já reuniu com os responsáveis pela Associação de Estudantes, estando neste momento a ser analisadas soluções para a falta de vagas para as disciplinas obrigatórias. A petição aponta que há mesmo alunos a comprar vagas nas redes sociais, através de terceiras pessoas.
“A UM vai rever o processo de candidatura e vai fazer todos os ajustes necessários caso haja falhas na oferta e procura. A UM procura garantir que nenhum aluno fique prejudicado na sua licenciatura por uma questão de créditos”, disse a instituição de ensino superior pública.

PARTILHAR
[email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here