PARTILHAR

Kuok Leong Son, presidente da Associação de Mútuo Auxílio de Condutores de Táxis, confirmou ao Jornal do Cidadão que estão a ser aceleradas as negociações para que uma aplicação móvel de chamada de táxis de Hong Kong e China possa operar em Macau. Kuok Leong Son já havia revelado a intenção de cooperação neste sentido.
Kuok Leong Son referiu que o interior da China tem um mercado de aplicação móvel para o serviço de táxi mais maduro, sendo que as negociações têm vindo a decorrer de forma mais activa e acelerada. Caso seja aprovada a aplicação, Macau irá fornecer táxis e taxistas. Hong Kong, por sua vez, conta com 18 mil táxis e Macau só tem cerca de 1200, por isso, Hong Kong está a analisar como se pode obter lucro no mercado de Macau. A Associação também está analisar quais as hipóteses que poderão ser mais vantajosas para ambas as partes, sendo que ainda este ano haverá uma decisão.
Quanto à Uber, Kuok Leong Son considera que o Governo já investiu muito esforço no combate à a empresa de serviço de transporte privado, pedindo mais exigência para um serviço que, na sua óptica, está contra a lei.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here