PARTILHAR

Dois estudantes de Macau estão entre os seis vencedores do concurso anual promovido pela Microsoft que os torna “masters” na utilização em ferramentas Office. Os jovens foram escolhidos entre mais de sete mil candidatos que prestaram uma prova de conhecimentos. Receberam um certificado e um prémio em dinheiro na final que se realizou em Orlando, nos EUA.
Lei Kuan Hou tem 16 anos e estuda no Instituto Salesiano. Ganhou o concurso da Microsoft na vertente Excel 2010, numa série onde a versão de 2013 também esteve em avaliação. Este jovem, que diz gostar de correr, revelou-se um “craque na prova de demonstração de conhecimentos que se realizou na Florida”, como indica um comunicado enviado aos jornais.
Quem também participou foi Chao Ka Hei, que ganhou na versão Power Point 2010. Estudante no colégio Yuet Wah, diz que os principais hobbies são a programação e a informática em geral. Este é o segundo ano consecutivo que este estudante de 17 anos ganha o prémio. Os dois estudantes são assim nomeados oficialmente Campeões Mundiais do Campeonato Mundial da Microsoft Office.
De entre os seis finalistas, dois são de Macau, dois de Hong Kong, um da Bulgária e um dos EUA, o que confere à Ásia o primeiro lugar no pódio da competição mundial. Este ano a Microsoft recebeu 700 mil candidaturas, que vieram de todo o mundo. Como explica o porta-voz da Microsoft, Bob Whelan, “primeiro são feitos concurso regionais e daí é que são escolhidos os melhores para participarem a nível mundial. Os jovens divertem-se durante a competição, mas aprendem muito e no final recebem um diploma a certificar a sua mestria a lidar com a ferramentas Office”.
Estes jovens génios, que têm capacidades fora do comum dentro da informática, continuam a surpreender até os próprios representantes da Microsoft. “Estes estudantes são masters a lidar com o Word, Excel e o Power Point”, diz a Microsoft, acrescentando que “alcançaram um grau elevado a trabalhar com as aplicações e isso irá ajudá-los a obter sucesso nos estudos, a entrar no mercado de trabalho e a serem reconhecidos e valorizados”.
A Microsoft vai continuar a patrocinar este encontro anual que oferece aos seis finalistas um montante em dinheiro que varia entre os cinco mil e os 7500 dólares americanos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here