PARTILHAR
A Creative Macau vai festejar o seu 13º aniversário com uma mostra colectiva de artistas, subordinada ao tema “Here and Now”. A exposição é inaugurada dia 27 deste mês, um dia que pretende ser recheado de actividades

Como é que cada um vê a cidade? O desafio é lançado pela Creative Macau, espaço que celebra este mês 13 anos de vida e que assinala a data com uma exposição. “Here and Now” pretende inspirar a comunidade criativa de Macau a reflectir sobre a cidade nos dias de hoje. Abre dia 27 de Agosto, pelas 17h00, e tem entrada livre.
A exposição conta com a participação de 29 autores de diversos sectores, que fizeram os seus trabalhos tendo por base a cidade, usando técnicas e materiais à escolha. Nomes como o de Adalberto Tenreiro, Papa Osmubal, Cristina Vinhas, Alexandre Marreiros e também Lúcia Lemos, responsável da Creative Macau, são alguns dos convidados a apresentar os trabalhos.
A Creative Macau diz que os artistas foram incentivados a reflectir sobre várias questões “sem apontar para teorias da representação social que estão inerentes à comunicação entre objecto e tema, ou à relação entre tema, objecto, mundo, que dá sentido à realidade social”. “Cada cidadão tem em mente um mapa autêntico que representa a sua cidade”, continua a organização, onde é preciso responder a questões. “Perplexidade e abstracção do espaço ou tempo – como expressa o excessivo materialismo ou a visibilidade implícita?”
“As dúvidas comuns de ‘viver na cidade’ e ‘viver fora da cidade’, quando estas questões se referem a Macau, pode levar-nos a considerar que talvez estejamos a despojar a cidade da sua identidade histórica, para suportar as nossas necessidades colectivas. Há pistas para serem encontradas nos múltiplos pactos sociais que estão na base da vida social, política e cultural da cidade?” Fica a pergunta.
A Creative Macau é um espaço dedicado à arte e que convida à criação e à extrapolação da criatividade. Todas as áreas são bem-vindas. Criada em 2003, o espaço convida ainda a Tuna Infanto-Juvenil Portuguesa de Macau e Siu Liu, para um concerto e um espectáculo tradicional chinês de “mudança de caras”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here